Notícias

COMO TER UMA ÁREA FISCAL INCONTESTÁVEL

6 de agosto de 2019

Atualmente o Brasil vive um momento único em sua história em meio a uma crise política, econômica e financeira juntamente com o anseio da população por ver este país passado a limpo.
É neste cenário que o governo busca a aprovação da reforma da previdência para posteriormente apresentar a tão esperada reforma tributária.
Portanto, em meio a tantas incertezas sobre o futuro.Como ter uma área fiscal inabalável? Como ter uma confiança incontestável de que sua empresa esta de acordo com as normas tributárias? Como não ser surpreendido por uma autuação tributária?
Certamente são respostas difíceis de encontrar neste mundo de intensa volatilidade e de insegurança jurídica. Percebe-se que as empresas buscam diariamente ferramentas e profissionais que tentam dar tranquilidade em sua vida fiscal e tributária para que não sejam surpreendidas com volumosas autuações tributárias.
O que se tem percebido é que na maioria das vezes osgestores tributários apenas controlam o que conseguem controlar, ou seja, buscam verificar se os dados e informações que foram enviados por eles ao fisco federal, estadual e municipal estão corretos, ou melhor, se atendem as exigências do PVA dosSpeds. Uma vez feita esta checagem eles ficam tranquilos entendo que estão dentro do compliance tributário.
As pessoas são movidas por emoções e a mais predominante na área tributária é o medo.Muitos gestores tem certo medo de buscar informações e dados nos fiscos por achar que isso vai chamar algum tipo de fiscalização, é a famosa frase: "O leão esta dormindo, não vamos acordá-lo.". Como tomar uma decisão tributária inteligente, se estiver dominado pelo medo?
Neste momento, possivelmente sua empresa pode estar sendo fiscalizada pela Receita Federal, mas ninguém consegue prever com exatidão quando isto pode acontecer. Sabemos que o inverno pode chegar, mas não sabemos quando o inverno vai chegar e qual será seu grau de severidade. Sua empresa ficará congelando sob o frio cruel?
Se preparar e se antecipar ao fisco é realizar uma checagem em todas as informações existentes, não só aquelas que estão no controle da empresa. Ter a rotina de buscar as informações que estão existentes nos fiscos faz com que uma empresa saia na frente e tome decisões inteligentes na área tributária.
Buscando as informações existentes, por exemplo, na Receita Federal, pode-se saber qual o andamento das análises dos Speds junto aos seus clientes e fornecedores e qual o nível de confiança das informações que você enviou. Istofaz com que a empresa corrija qualquer inconsistência apontada, saindo na frente de uma autuação fiscal.
Além de identificar inconsistências, uma perícia realizada com as informações existentes nos fiscos pode também apresentar uma aplicação correta à situação tributária atual da empresa, ou seja, sua empresa pode estar enquadrada em alguma solução de consulta ou então em alguma das recentes decisões tributárias favoráveis ao contribuinte e ainda estar recolhendo sob a antiga ótica da lei, por vezes, não se utilizando de uma redução da carga tributária.
Sem conhecer sua situação perante o fisco é impossível tomar uma decisão inteligente na área tributária!
Os setores fiscais das empresas estão preocupados em cumprir as exigências mensais de apurar, declarar e recolher os tributos e não podem realizar nenhuma outra tarefa, por isso contar com uma equipe totalmente eficaz para realizar perícia em todas as obrigações acessórias e processos administrativos existentes no fisco, garante aos gestores tributários uma tranquilidade e clareza para tomar decisões corretas.
Ao conhecer sua situação perante o fisco e todas as atuais questões que podem envolver sua operação tributária, os gestores tributários passarão a agir com inteligência fiscal,caminhando com confiança e segurança jurídica na estrada sinuosa do sistema tributário brasileiro.

Thiago Budal
Consultor na Docs Inteligência Fiscal